(61) 9 8229-2425

(61) 3222-1211

AGENDE SUA CONSULTA

Doença de Peyronie: O que é, diagnóstico e tratamentos

A doença de peyronie impacta diretamente a saúde sexual masculina e causa preocupações significativas. É uma condição que merece atenção, que pode afetar a qualidade de vida e a autoconfiança do homem. 

Neste artigo, exploraremos o que é essa condição, seus sintomas, métodos de diagnóstico e as opções de tratamento disponíveis.

Continue lendo! 

O que é a Doença de Peyronie?

A doença de peyronie é uma condição caracterizada pelo desenvolvimento de placas fibrosas no tecido do pênis. Isso pode resultar em curvatura, deformidade e dor durante a ereção. Essas placas podem se formar devido a microtraumas repetitivos no pênis, causando cicatrizes e deformações.

Segundo um estudo publicado no Portal do Urologista, no Brasil, a doença acomete aproximadamente 0,9% em adultos acima de 40 anos, com maior risco entre aqueles com mais de 60 anos e portadores de diabetes mellitus.

Veja também: Falta de ereção: quando buscar um profissional?

As Causas da Doença de Peyronie

É uma condição complexa que pode ter diversas causas subjacentes, algumas das quais são mais evidentes do que outras. Embora não seja uma doença hereditária, a genética ainda desempenha um papel em sua predisposição, tornando importante entender as diversas razões por trás dessa condição. Vamos explorar as causas da doença de Peyronie.

Veja também: Impotência Sexual: Compreendendo, Prevenindo e Tratando

Trauma Peniano

Um dos fatores mais comuns associados à doença é a ocorrência de micro traumas e fraturas no pênis ereto. Esses traumas podem ser resultado de atividades sexuais vigorosas, lesões esportivas ou outros incidentes que causam danos à estrutura do pênis. Com o tempo, o acúmulo de cicatrizes e a formação de placas fibróticas podem levar à curvatura e deformação do órgão.

Doenças Metabólicas, Autoimunes e Fibromatosas

Outro conjunto de causas está relacionado a doenças metabólicas, autoimunes e fibromatosas. Pacientes que sofrem de condições como diabetes, doenças autoimunes e fibrose cavernosa podem ter maior propensão a desenvolver a doença de Peyronie. Essas condições afetam a saúde dos tecidos penianos, tornando-os mais suscetíveis a cicatrizes e deformidades.

Alterações na Anatomia do Órgão

A anatomia do pênis desempenha um papel crítico na ocorrência do problema. Alterações anatômicas pré-existentes, como uma curvatura congênita do pênis, podem aumentar o risco de desenvolver a condição. Além disso, variações na estrutura do órgão podem torná-lo mais suscetível a traumas e danos durante a atividade sexual.

Outros Fatores de Risco

Embora as causas mencionadas acima sejam as mais comuns, outros fatores de risco também podem contribuir para o desenvolvimento da doença de Peyronie. Estes incluem fatores genéticos, idade avançada e certos hábitos de vida, como o tabagismo.

Em resumo, a doença de Peyronie não tem uma única causa, mas sim uma combinação de fatores que podem variar de pessoa para pessoa. A compreensão dessas causas é fundamental para ajudar os pacientes a gerenciar e tratar a condição de forma adequada. Se você suspeitar que pode estar sofrendo de doença de Peyronie, é essencial procurar orientação médica para um diagnóstico preciso e um plano de tratamento adequado.

Veja também: Tadalafila: Para Que Serve e Como Tomar

Sintomas e Diagnóstico

Os sintomas variam, mas geralmente incluem curvatura anormal do pênis durante a ereção, dor, diminuição do tamanho ereto e dificuldades na relação sexual. Esses sintomas não apenas afetam a atividade sexual, mas também podem ter um impacto emocional significativo, causando constrangimento e baixa autoestima. Além disso, pacientes com o problema frequentemente apresentam disfunção erétil, sendo comum a associação entre as duas condições.

Com isso, o diagnóstico é geralmente feito com base nos sinais apresentados no exame físico. A avaliação pode incluir medições da curvatura e tamanho do pênis ereto. Em alguns casos, exames de imagem como ultrassonografia podem ser usados para avaliar as placas fibrosas e o grau de deformidade.

Veja também: Dor no pênis: causas, tratamentos (e o que fazer)

Opções de Tratamento

Felizmente, existem várias opções de tratamento para a doença de peyronie. O conservador pode incluir medicamentos para diminuir a dor e reduzir as placas fibrosas. Além disso, as terapias com ondas de choque de baixa intensidade e fisioterapia podem ajudar a melhorar a curvatura e a função erétil. Em casos mais graves, a cirurgia pode ser considerada para corrigir a deformidade.

Veja também: Terapia por Ondas de Choque

Centro Clínico do Homem

A doença de peyronie é uma condição que pode impactar significativamente a vida sexual e emocional de um homem. Se você está enfrentando sintomas relacionados a essa condição, buscar ajuda especializada é essencial. 

Centro Clínico do Homem

O Centro Clínico do Homem oferece uma abordagem abrangente para tratar problemas de saúde sexual masculina, incluindo o peyronie. Nossa equipe experiente e dedicada está pronta para avaliar, orientar e oferecer soluções personalizadas para ajudá-lo a recuperar a confiança e a qualidade de vida. 

Agende uma consulta conosco hoje mesmo e dê o primeiro passo rumo a uma saúde sexual saudável e satisfatória.

AGENDE A SUA CONSULTA AGORA MESMO!

Últimas do Blog

Médico para tratar ejaculação precoce

A ejaculação precoce é uma condição que pode afetar significativamente a vida sexual e o bem-estar emocional de um homem.  Se você está enfrentando este problema, é essencial saber que…

Alimentos que causam impotência masculina

A saúde sexual masculina é influenciada por uma variedade de fatores, e a dieta desempenha um papel significativo nesse contexto. Desde os nutrientes que consumimos até os hábitos alimentares que…

Beterraba auxilia na hora H?

A beterraba, além de ser uma adição deliciosa às refeições, pode ser um segredo para impulsionar sua vida sexual. Com uma lista impressionante de benefícios para a saúde, este vegetal…

Recomendados

Dor no pênis: causas, tratamentos (e o que fazer)

A dor no pênis pode ser um sintoma preocupante e desconfortável para muitos homens. Embora algumas causas possam ser temporárias e inofensivas, outras podem ser um sinal de problemas de…

Quando o homem não ejacula o que pode ser?

A dificuldade de ejacular é um problema que, geralmente, desanima os homens. Por isso é importante entender o que exatamente é a ejaculação retardada, as suas causas e como tratá-la…

Como Aumentar a Testosterona Masculina?

A testosterona é um hormônio presente tanto nos homens quanto nas mulheres, apesar de ser em menor quantidade, e está relacionado com a libido, fertilidade e características secundárias masculinas, como…

Procedimentos