(61) 9 8229-2425

(61) 3222-1211

AGENDE SUA CONSULTA

Como Durar Mais na Cama

Como durar mais na cama: explorando a intimidade sexual, técnicas e compreensão da ejaculação precoce

O universo da intimidade sexual é vasto e complexo, influenciado por inúmeros fatores que transcendem a mera duração. Compreender a importância de estabelecer uma conexão emocional e aprimorar a qualidade do ato sexual é essencial para uma experiência gratificante e íntima.

Neste conteúdo, exploraremos os mitos e realidades sobre o tempo ideal do sexo, abordando técnicas comprovadas para prolongar o prazer, e compreenderemos mais sobre a ejaculação precoce – suas causas e como buscar ajuda profissional para superar essa condição.

Por que a duração do sexo é importante?

Prolongar a relação sexual vai além da simples duração. É um equívoco comum acreditar que uma relação duradoura automaticamente significa mais prazer para ambos os parceiros. Na verdade, para muitas mulheres, a qualidade do sexo supera em muito a sua duração.

O foco excessivo na duração pode afastar a atenção do verdadeiro cerne da experiência: a conexão entre os parceiros. É fundamental compreender que, ao fazer sexo de maneira satisfatória, é possível proporcionar imenso prazer em um curto período. A ênfase na duração pode negligenciar a qualidade, resultando em perda de conexão entre os envolvidos.

>>>> Veja também – Dificuldade de ejacular: como tratar

Como durar mais na cama: o tempo ideal do sexo

como durar mais na cama

 

Determinar o tempo ideal para uma relação sexual é um tema complexo e altamente subjetivo. A dinâmica do sexo varia consideravelmente de acordo com circunstâncias e preferências pessoais. O contexto e os estados emocionais também influenciam significativamente a percepção de tempo durante a intimidade.

Entretanto, há referências que tentam oferecer parâmetros para essa avaliação. Um estudo significativo, intitulado “Percepções de terapeutas sexuais canadenses e americanos sobre latências ejaculatórias normais e anormais: Quanto tempo deve durar a relação sexual?”, propôs faixas de tempo para considerar o tempo de uma relação sexual:

  • De 3 a 7 minutos: considerado um tempo adequado.
  • De 8 a 13 minutos: tido como desejável.
  • De 1 a 2 minutos: considerado muito curto, caracterizando a ejaculação precoce.
  • Entre 10 e 30 minutos: considerado um período muito longo.

É importante notar que estes dados são indicativos e não devem ser interpretados como regras fixas. A busca pela satisfação mútua e o prazer compartilhado são os verdadeiros objetivos do ato sexual. 

>>>>>>> Técnicas de Controle da Ejaculação Precoce

Técnicas para durar mais na cama

Faça com que as preliminares durem mais tempo

É essencial reconhecer que as preliminares são fundamentais. Enquanto a ideia predominante de relações sexuais costuma focar na penetração, especialistas em sexualidade ressaltam que um bom sexo é muito mais do que isso.

As preliminares apresentam diversas vantagens, especialmente quando se busca prolongar o tempo durante a relação sexual. Primeiramente, em relação ao prazer feminino, que costuma aumentar progressivamente e requer mais estímulo para atingir o ápice. Desse modo, preliminares mais longas e intensas ajudam as mulheres a atingirem níveis mais altos de excitação, encurtando o caminho para o orgasmo.

O clima e a intimidade estabelecidos durante as preliminares permitem que ambos se entreguem ao momento. Isso é especialmente benéfico para o homem, pois o estresse pode afetar negativamente a duração antes da ejaculação.

Fatores psicológicos que influenciam a duração da penetração

O estresse é um dos principais fatores psicológicos que afetam a duração do ato sexual. Homens sob estresse tendem a ejacular mais rapidamente, muitas vezes por questões evolutivas ligadas à sobrevivência. A ansiedade relacionada ao desempenho na cama pode criar um ciclo de preocupação, levando à ejaculação precoce.

Nesse contexto, relaxar é fundamental para prolongar o sexo. Criar uma conexão emocional durante a relação ajuda ambos os parceiros a se acalmarem e contribui para evitar um desfecho rápido. Além disso, a fadiga, resultado da privação de sono, também pode influenciar a rapidez da ejaculação, impactando a forma como lidamos com o estresse.

Respiração e Controle

A respiração profunda pode naturalmente reduzir o nível de estresse. Embora seja uma ação física, a respiração consciente tem efeitos positivos no relaxamento durante o ato sexual.

Dedicar um tempo às preliminares, explorar o corpo da parceira com tranquilidade e adotar movimentos suaves durante a penetração são práticas que podem ajudar a prolongar o ato. Observar sua própria excitação sexual e aprender a controlá-la, embora não signifique controle direto sobre a ejaculação, permite um maior entendimento e gerenciamento da excitação, melhorando o controle durante o ato.

Essas técnicas e compreensões visam não apenas prolongar o tempo durante o sexo, mas também aprimorar a conexão emocional e o prazer mútuo entre os parceiros, enfatizando a qualidade sobre a mera duração.

>>>>>> Fisioterapia Pélvica para tratamento de Ejaculação Precoce e Disfunção Erétil

Ejaculação Precoce: o que causa?

 

Avançando para a discussão sobre ejaculação precoce, é crucial entender suas causas e buscar soluções eficazes. Trata-se de uma condição na qual o homem atinge o clímax sexual de maneira persistente e recorrente, muitas vezes com estimulação mínima, antes do momento desejado, resultando em desconforto significativo para ele e para o parceiro. Isso pode impactar negativamente a qualidade da experiência sexual e até mesmo o relacionamento.

Principais Causas da Ejaculação Precoce:

Fatores Psicológicos: Ansiedade, estresse, preocupação com o desempenho sexual, traumas passados, problemas de relacionamento e questões emocionais podem desempenhar um papel crucial na ocorrência da ejaculação precoce. A pressão psicológica pode resultar em um ciclo prejudicial de preocupação e desempenho, levando a episódios repetidos de ejaculação rápida.

Fatores Fisiológicos: Alterações hormonais, sensibilidade aumentada do pênis, disfunções neurológicas e certos problemas de saúde, como problemas de próstata ou tireoide, podem contribuir para a ejaculação precoce.

Hábitos Sexuais e Inexperiência: A frequência e rapidez com que o ato sexual é realizado, bem como a falta de prática no controle da excitação sexual, podem desempenhar um papel significativo nesse cenário.

Agende uma Consulta Médica:

Entender as causas da ejaculação precoce é o primeiro passo para encontrar soluções eficazes. É fundamental consultar um profissional de saúde para avaliar sua condição de forma adequada.

Esses profissionais têm o conhecimento necessário para oferecer orientação personalizada e recomendar estratégias para lidar com a ejaculação precoce, ajudando a melhorar a qualidade das relações íntimas e o bem-estar emocional de forma geral.

AGENDE AGORA A SUA CONSULTA!

Últimas do Blog

Médico para tratar ejaculação precoce

A ejaculação precoce é uma condição que pode afetar significativamente a vida sexual e o bem-estar emocional de um homem.  Se você está enfrentando este problema, é essencial saber que…

Alimentos que causam impotência masculina

A saúde sexual masculina é influenciada por uma variedade de fatores, e a dieta desempenha um papel significativo nesse contexto. Desde os nutrientes que consumimos até os hábitos alimentares que…

Beterraba auxilia na hora H?

A beterraba, além de ser uma adição deliciosa às refeições, pode ser um segredo para impulsionar sua vida sexual. Com uma lista impressionante de benefícios para a saúde, este vegetal…

Recomendados

Dor no pênis: causas, tratamentos (e o que fazer)

A dor no pênis pode ser um sintoma preocupante e desconfortável para muitos homens. Embora algumas causas possam ser temporárias e inofensivas, outras podem ser um sinal de problemas de…

Quando o homem não ejacula o que pode ser?

A dificuldade de ejacular é um problema que, geralmente, desanima os homens. Por isso é importante entender o que exatamente é a ejaculação retardada, as suas causas e como tratá-la…

Como Aumentar a Testosterona Masculina?

A testosterona é um hormônio presente tanto nos homens quanto nas mulheres, apesar de ser em menor quantidade, e está relacionado com a libido, fertilidade e características secundárias masculinas, como…

Procedimentos